23 de jul de 2009

Microsoft "doa" 20.000 linhas de código para kernel do Linux

Parece díficil de acreditar mas é verdade. A poderosa Microsoft liberou 20.000 linhas de código para utilização no kernel do Linux. Esse código (device drivers) melhora a performance do Linux rodando em máquinas virtuais com tecnologia Hyper-V da MS. Isso explica o movimento estratégico da MS para tentar ganhar mercado em virtualização. Essa notícia esta causando bastante barulho na comunidade open source. Qual será a primeira distribuição a incluir esses drivers no kernel? Boa pergunta!